Modelo de equilíbrio de Hardy-Weinberg

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Police.png
Esboço de Artigo
Esta página de esboço necessita ser expandida. Você pode e é incentivado a fazer este artigo melhor, contribuindo com conteúdo. (Ver também: Páginas curtas - Páginas pedidas)


O Modelo de equilíbrio de Hardy-Weinberg (também conhecido como: princípio de Hardy–Weinberg, lei de Hardy–Weinberg ou teorema de Hardy–Weinberg) afirma que ambas as frequências de alelos e genótipos numa população permanecem constantes, isto é, elas permanecem em equilíbrio, de geração em geração a menos que influências perturbadoras específicas sejam introduzidas. Entre outros, tais influências perturbadoras podem ser mutações, deriva genética aleatória, cruzamento não aleatório, seleção natural, fluxo gênico e desvio de segregação (impulso meiótico ou movimento meiótico, em inglês, meiotic drive).

História

Em 1908 G. H. Hardy na Inglaterra e W. R. Weinberg na Alemanha demonstraram matematicamente que as freqüências alélicas em populações permaneceria constante, geração após geração, se certos processos não ocorressem causando a perda de genes existentes ou a aquisição de novos genes.[1] Eles expressaram esta lei na forma de uma fórmula matemática como uma reaplicação da expansão binomial.[1]

Creationwiki evolution portal.png
Navegar


Referências

  1. 1,0 1,1 Mayr, Ernst. What Evolution Is. New York: Basic Books, 2001. p. 97. ISBN 0-465-04425-5