Criação

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.

"Urizen as the Creator of the Material World" de William Blake, de Europe, A Prophecy. 1794.

O termo criação significa ambos um ato e o resultado de uma ação na qual o agente (o criador) ocasiona a origem de uma entidade. Em particular, criação refere-se ao ato pelo qual um agente, notadamente Deus, trouxe o Cosmos à existência a partir de um estado de não existência. Criação neste sentido é distinguida de uma mera mudança ou transformação de algo pré-existente.

Vários tipos de criação podem ser destacados:

Criação implica um agente de criação ou criador e o propósito criativo, a teleologia, que pode ser evidenciada por design. Contudo, em algumas teorias, tal como Design Inteligente, criação é implícita enquanto que criador e propósito não são especificados.

Índice

Criação Universal

Artigo principal: Cosmologia criacionista

A maioria das religiões monoteístas são aceitas em vários pontos sobre Criação Universal: O agente é Deus quem sozinho e desprovido de compulsão exterior e necessidade interior, criou uma boa criação e mantém todas as criaturas em existência. Entretanto, a extensão a qual Deus age direta ou indiretamente na criação biológica e criação humana não é uma área de comum acordo. Ver criacionismo.

Criação Universal é descrita descrita por culturas em todo o mundo e um tema central encontra-se emergindo—Ordem que vem do Caos.[1] O cosmos é particularmente definido pelos cientistas como possuindo ordem. De fato, é essa evidente ordem que inspirou os primeiros cientistas a estudar astronomia e física e descrever fenomenos relacionados phenomena em termos matemáticos.

Criação Biológica

Artigo Principal: Criação biológica

Criacionismo biológico é a doutrina ou crença de que várias espécies ou tipos de seres viventes foram criados e portanto não são produtos de um processo naturalístico. O criador é usualmente identificado por Deus. Isto é portanto, filosoficamente oposto ao evolucionismo. Como a teoria da evolução é encontrada como uma parte integral de todos os campos da biologia secular, é crítico que criacionistas tenham um conhecimento abrangente de biologia. Criação biológica é basicamente o estudo dos sistemas biológicos, enquanto acontecem sob a suposição de que Deus criou vida na Terra. A disciplina é estabelecida sob a idéia de que Deus criou um número finito de discretos espécies criadas ou baramin. Enquanto estas formas de vida tem a habilidade de variar geneticamente, e até mesmo sofrer especiação, elas não podem surgir espontaneamente da não-vida, não podem produzir híbridos fora de sua própria espécie, e não podem aumentar em complexidade genética.

Criação Humana

Criação de Adão, por Michelangelo. Teto da capela Sistina.
artigo principal : Criação Humana

Criação humana é qualquer doutrina ou teoria acerca da vinda a existência dos seres humanos ou das almas humanas. Criacionismo humano bíblico é baseado na Bíblia, que declara que seres humanos foram criados no sexto [[dia da criação] seguindo terra animais aproximadamente 6000 anos atrás. O livro de Genesis declara que o homem é distinto dos animais, e foi criado à imagem de Deus.

História da Criação

A Criação é descrita pelas culturas em torno do mundo todo. A mais famosa das quais pode ser achada no primeiro capítulo do livro de Genesis na Bíblia.

Bíblia

O capítulo de abertura da Bíblia fornece a sequencia específica dos eventos da criação, o que não pode ser resolvido com linhas de tempo nem da teoria da evolução ou da cosmologia do big bang. Se exata, a história da criação em Genesis vai contra ambas explicações seculares para a criação do cosmos.

A Sequência Bíblica da Criação

Artigo principal: Dias da Criação
  • Dia 1 ; Deus criou a Terra, espaço, e luz.
  • Dia 2 ; Deus criou a atmosfera.
  • Dia 3 ; Deus criou a terra seca e as plantas.
  • Dia 4 ; Deus criou o sol, a lua, e as estrelas.
  • Dia 5; Deus criou as criaturas marinhas e as aves.
  • Dia 6 ; Deus criou os animais terrestres e o homem.

A Bíblia descreve que o mundo com todos os seus habitantes foi criado por Deus em 6 dias . Embora muitas pessoas argumentem que os dias da criação não deveriam ser tido literalmente , os eventos são descritos de forma que são correlacionados com definições específicas de duração de tempo .Uma vez que Deus criou tempo e linguagem, é razoável presumir a leitura destas passagens deve ser feita da forma mais franca possível. Criacionistas que aderem ao ponto de vista da terra - jovem acreditam nos "dias", durante os quais Deus criou o mundo, são literalmente períodos de 24-horas de tempo.

Entretanto, numa tentativa de mesclar a Bíblia com a teoria da evolução, muitos criacionistas da terra velha discutem pela interpretação não literal da palavra “Dia” em Genesis 1 , e ao invés disto mantem estas descrições como representação de períodos vastos de tempo. Esta perspectiva é conhecida como Dia-era ou criacionismo progressivo.

Deve ser observado que esta porção da Bíblia, mais que qualquer outra , está sob disputa entre os criacionistas. Existem muitas perspectivas mantidas em relação a história do Genesis da criação, mas estes podem ser geralmente divididos entre duas concepções mundiais conhecidas como criacionismo da terra jovem e criacionismo da terra velha.

Creatio Ex Nihilo

William Lane Craig lista cinco razões pelas quais o relato de Gênesis da criação é um creatio ex nihilo ("criação a partir do nada"):

  • 1. O contraste entre o relato da criação bíblica e os outros épicos do antigo Oriente Próximo.
  • 2. As várias razões literárias/contextuais para tomar Gênesis 1:1 como uma sentença absoluta ("No princípio criou Deus . . .") em vez de como uma construção ("Quando Deus criou . . .").

Metamorfose

O poeta Romano Ovídio (43 B.C.-17 A.D.), em sua Metamorfose, elaborou uma estória sobre o princípio do Cosmos—a criação do mundo a partir do caos— isso teve afinidades óbvias com ambas tradições explicatórias, Hebraica e Grega. Perguntas sobre a origem foram especialmente tópicos durante a época de Ovídio quando Roma transformou-se de República em Império.[1]

Santal

Os Santal são uma tribo numerosa que vivem em vários estados no Leste da Índia . Entre eles vivem Hindu intinerantes contadores profissionais de estórias e pintores (jadupatuas),que recontam estórias Santal , e crenças religiosas. A Estória da criação Santal inclui trê divindades Santal principais. Maran Buru, Jaher Era e Sin Cando. Água e criaturas aquáticas criadas primeiro pelo criador, Thakur ("O Senhor"). Do acoplamento de dois gansos vem o primeiro ser humano e dos seus sete filhos e filhas , que casaram um com o outro e então dividos em clãs para que irmãos não pudessem mais casar-se entre si.[1]

Yoruba

Contadores de estórias profissionais na África coletaram e contaram as estórias do passado,incluindo a estória do povo Yoruba do Oeste da África. O povo Yoruba considera a cidade de Ifá como o seu local de origem e o local da criação da Terra. Estórias antigas recontam a criação Iorubá e apresenta Olodumare, o Senhor dos céus e o Criador, e as divindades chamadas orixás no grupo de deuses Yoruba.[1]

Video

<embedvideo-embed-clause>

Ver também

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 Creation Accounts From Around the World por a Library of Congress dos EEUU

Bibliografia

Craig, William Lane and Paul Copan. Creation out of Nothing: A Biblical, Philosophical, and Scientific Exploration. P.O. Box 6287, Grand Rapids, MI 49516-6287: Baker Academic a division of Baker Publishing Group, 2004. ISBN 0801027330


Ferramentas pessoais