Fósseis classificados por zoneamento ecológico (Talk.Origins)

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Talkorigins.jpg
Artigo Resposta
Este artigo (Fósseis classificados por zoneamento ecológico (Talk.Origins)) é uma resposta a uma réplica de uma reivindicação criacionista publicada pelo Talk.Origins Archive sob o título Index to Creationist Claims (Índice de Reivindicações Criacionistas).


Alegação CH561.1:

Padrões de deposição de fósseis no dilúvio de Noé podem ser explicados pelo zoneamento ecológico. Os estratos mais baixos, em geral, poderia conter os animais que viviam nas altitudes mais baixas. Assim, invertebrados marinhos seriam enterrados em primeiro lugar, em seguida, os peixes, então anfíbios e répteis (que vivem nos limites da terra e da água) e, finalmente, mamíferos e aves. Além disso, os animais seriam encontrados enterrados com outros animais das mesmas comunidades.

Fonte: Morris, Henry M., 1974. Scientific Creationism, Arkansas: Master Books, pp. 118-120.

Resposta da CreationWiki:

O zoneamento ecológico nunca foi destinado a ser o único processo que afetou ordem fóssil. Isto é evidente pelo fato de que nas mesmas páginas Morris se refere a fuga diferencial e outros fatores. Ao isolar o zoneamento ecológico a Talk Origins está transformando-o em uma falácia do espantalho.

Além disso, como Morris aponta na página 120, esse fator só produz tendências estatísticas e assim exceções são obrigadas a ocorrer. O zoneamento ecológico simplesmente mostra que há uma tendência estatística de organismos que viveram juntos no ecossistema de serem enterrados juntos. Por si só zoneamento ecológico não faz o trabalho nem nunca foi sua intenção.