Quantidade de sódio dissolvido nos oceanos (Talk.Origins)

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Talkorigins.jpg
Artigo Resposta
Este artigo (Quantidade de sódio dissolvido nos oceanos (Talk.Origins)) é uma resposta a uma réplica de uma reivindicação criacionista publicada pelo Talk.Origins Archive sob o título Index to Creationist Claims (Índice de Reivindicações Criacionistas).

Alegação CD221.1:

Os processos conhecidos para remover o sódio a partir dos oceanos representam apenas 27 por cento do sódio que é adicionado. Dada a acumulação de sódio que isto implica, os oceanos não poderia ter mais de 62 milhões de anos.

Fonte: Austin, S. A. and D. R. Humphreys, 1990. The sea's missing salt: A dilemma for evolutionists. Proceedings of the Second International Conference on Creationism, Pittsburgh, 2: 17-33.


Resposta da CreationWiki: (citações da Talk.Origins em azul)

1. Austin e Humphreys subestimam muito a quantidade de sódio perdido na alteração do basalto. Eles omitem o sódio perdido na formação da terra de diatomáceas e omitem muitos outros mecanismos que são pequenos individualmente, mas coletivamente representam uma fração significativa de sal.

Uma análise detalhada do sódio revela que 35.6 x 1010 kg/anovem para o oceano, e 38.1 x 1010 kg/ano são removidos (Morton 1996). Dentro de erro de medição, a quantidade de sódio adicionada corresponde a quantidade removida.

Este ponto tem uma falha fundamental. A Talk.Origins está usando o valor errado para o influxo de sódio. 35.6 x 1010 kg/ano é um valor mínimo estimado por Austin e Humphreys, em um esforço para ser generoso com os evolucionistas. A taxa de fluxo atual é 45.7 x 1010 kg/ano. Logo se a taxa de remoção da Talk.Origins é precisa, então há uma taxa de influxo líquido de 7.6 x 1010 kg/ano. Isso claramente não está em equilíbrio.

As taxas de fluxo corrente resulta numa idade máxima para os oceanos de 273 milhões de anos. Este resultado ainda é muito menor do que 3 bilhões de anos requeridos pelo modelo da Terra antiga da Evolução.


NB: A resposta inteira da Talk.Origins é citada acima. Não há nenhuma outra resposta numerada "2".