O joelho de Lucy foi encontrado longe do resto do esqueleto (Talk.Origins)

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Talkorigins.jpg
Artigo Resposta
Este artigo (O joelho de Lucy foi encontrado longe do resto do esqueleto (Talk.Origins)) é uma resposta a uma réplica de uma reivindicação criacionista publicada pelo Talk.Origins Archive sob o título Index to Creationist Claims (Índice de Reivindicações Criacionistas).


Alegação CC003:

O joelho do fóssil "Lucy" (o mais completo fóssil de Australopithecus afarensis) foi encontrado a mais de um quilômetro de distância do resto do esqueleto, por isso não pode ser usado como prova de que Lucy andava ereto. Observar que os evolucionistas nunca admitiram este fato na imprensa mostra sua desonestidade.

Fonte:

Willis, Tom. 1987. "'Lucy' goes to college," Bible-Science Newsletter (Oct.), 1-3.

Morris, John D. 1989. Was 'Lucy' an ape-man? Back to Genesis 11b (Nov.).


Resposta da CreationWiki:

(citações da Talk.Origins em azul)

1. A alegação é falsa. O esqueleto chamado Lucy não tem um joelho intacto. Um joelho fóssil, isolado, diferente foi encontrado a 2-3 km de distância (Johanson and Edey 1981). A confusão sobre os dois fósseis aparentemente levou à falsa alegação.

2. Longe de indicar desonestidade evolucionista, essa afirmação mostra como os criacionistas não conseguem verificar suas reivindicações (Lippard 1999).

Este é um erro admitido e um que Dr. Morris se retratou. Resultou de declarações feitas por Johanson que implicavam que o joelho em questão pertencia ao fóssil conhecido como "Lucy."