Não há hélio suficiente na atmosfera para uma terra antiga (Talk.Origins)

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Talkorigins.jpg
Artigo Resposta
Este artigo (Não há hélio suficiente na atmosfera para uma terra antiga (Talk.Origins)) é uma resposta a uma réplica de uma reivindicação criacionista publicada pelo Talk.Origins Archive sob o título Index to Creationist Claims (Índice de Reivindicações Criacionistas).


Alegação CE001:

O decaimento radioativo de vários elementos produz hélio, que migra para a atmosfera. Há muito pouco de hélio na atmosfera para explicar o montante que teria sido produzido em 4,5 bilhões de anos. A fuga de hélio para o espaço não é suficiente para explicar a falta.

Fonte: Morris, Henry M., 1974. Scientific Creationism, Green Forest, AR: Master Books, pp. 150-151.


Resposta da CreationWiki: (citações da Talk.Origins em azul)

1. O hélio é um átomo muito leve, e algum do hélio na atmosfera superior pode alcançar a velocidade de escape, simplesmente através da sua temperatura. A fuga térmica de hélio por si só não é suficiente para explicar a sua escassez na atmosfera, mas o hélio na atmosfera também fica ionizado e segue as linhas do campo magnético da Terra. Quando o fluxo de íons é considerado, a fuga de hélio da atmosfera equilibra sua produção a partir de elementos radioativos.

Esta afirmação está desatualizada. No entanto, pode ser demonstrado que tanto hélio ainda está na rocha, que é mais consistente com a terra jovem.

Ligações externas

Ver também