Karl Popper disse que o darwinismo não é testável (Talk.Origins)

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Talkorigins.jpg
Artigo Resposta
Este artigo (Karl Popper disse que o darwinismo não é testável (Talk.Origins)) é uma resposta a uma réplica de uma reivindicação criacionista publicada pelo Talk.Origins Archive sob o título Index to Creationist Claims (Índice de Reivindicações Criacionistas).


Alegação CA211.1:

De acordo com o filósofo da ciência Sir Karl Popper, uma teoria deve ser falsificável para se qualificar como científica. Popper (1976, 151), disse, "O darwinismo não é uma teoria científica testável, mas um programa de pesquisa metafísica."

Fonte: Kranz, Russell. n.d. Karl Popper's challenge.

Resposta da CreationWiki:

É difícil dizer exatamente o que Popper queria dizer porque na citação que aparece na reivindicação, diz ele, "O darwinismo não é uma teoria científica testável, mas um programa de pesquisa metafísica.

  • Popper, Karl. 1976. Unended Quest: An Intellectual Autobiography Glasgow: Fontana/Collins.

No artigo, onde é dito que ele se retrata, ele diz que o darwinismo se refere a toda a teoria evolutiva. (citações da Talk.Origins em azul)

Quando se fala aqui do darwinismo, vou falar sempre da teoria de hoje - que é a própria teoria da seleção natural apoiada pela teoria mendeliana da hereditariedade de Darwin, a teoria da mutação e recombinação de genes em um conjunto de genes, e pelo código genético decodificado.

No entanto, neste mesmo artigo, diz ele, “Minha solução foi a de que a doutrina da seleção natural é um programa de pesquisa metafísica mais bem sucedido.” Então, na citação ordinal ele usou o termo "darwinismo" para se referir somente à seleção natural ou estava realmente se referindo a toda teoria evolutiva?

Se algum erro foi feito aqui foi um erro honesto uma vez que parece ser uma inconstância no uso do termo “Darwinismo”.