Modificação das histonas

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Chromatin lg.jpg

As histonas são proteínas que se ligam ao ADN em cromossomos eucarióticos formando unidades estruturais chamadas nucleossomas. A hélice dupla de ADN é envolvida em torno de histonas, os nucleossomas por sua vez são empacotados juntos para formar a cromatina. A cromatina é uma massa facilmente tingido que é visível em um microscópio óptico padrão durante a divisão celular. A a cromatina inclui os cromossomos, que estão ligados por proteínas histonas e não-histonas.(Alberts, et al., 219).

A estrutura geral da cromatina em mamíferos pode ser herdada e uma vez que não exige a modificação direta do DNA, é uma forma de herança epigenética. A heterocromatina, que é uma forma altamente condensada de cromatina, pode desligar quaisquer genes que são embalados dessa maneira. Este tipo de cromatina pode ser especialmente eficaz como um mecanismo epigenético, porque o ADN é mais difícil de ser acessado, a fim de ser transcrito. No tipo oposto da configuração da cromatina, a eucromatina, há uma configuração de cromatina aberta e os genes são mais prontamente acessíveis. Não surpreendentemente, os cientistas descobriram que os genes são geralmente silenciados na heterocromatina e ativos na eucromatina (Misteli, 790). No entanto, nem sempre há uma correlação exata entre esses efeitos e isto precisa ser estudado mais para ser plenamente compreendido.

A adição de variantes específicas de histonas (proteínas histona únicas que não são normalmente incorporadas) em cromatina também pode levar a uma forma hereditária de informação. Estudos tem revelado que as combinações de diferentes variantes de histonas pode impactar quando e como o ADN empacotado é acessado (Alberts, et al., 225). Este "código de histonas" muito complicado está implicado na regulação da expressão do gene e tem papéis no reparo do ADN.

As histonas também podem ser modificadas, tal como o ADN é metilado,por acetilação, metilação, fosforilação, ubiquitinação, sumoilação, ADP-ribosilação e isomerização de prolina, mas esses métodos de modificação das histonas não têm demonstrado um efeito epigenético claro como a metilação do DNA (Shi, 640). Outros estudos têm mostrado ligações entre estes tipos de modificações de histonas e a metilação do DNA, de modo que pode ser um caso de todos estes mecanismos trabalhando em conjunto para formar um tipo de herança epigenética [1].

Ligações externas

  • Research interests by Keith D. Robertson. University of Florida.
  • Alberts, Bruce, Alexander Johnson, Julian Lewis, Martin Raff, Keith Roberts, and Peter Walter. Molecular biology of the cell. New York: Garland Science, 2008. Impresso.
  • Misteli, Tom. “Beyond the sequence: Cellular organization of genome function.” Cell 128 (2007): 787-800. Web. Mar 8 2010.
  • Shi, Yang. “Taking Epigenetics Center Stage.” Cell 128 (2007): 639-640. Web. Mar 5 2010.