Michael Behe

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Michael behe.jpg

Michael J. Behe (nascido Nascido::18 Janeiro, 1952) é um dos principais defensores do movimento do design inteligente. Ele é talvez melhor conhecido por um teste de design inteligente que ele criou conhecido como complexidade irredutível, que ele detalha em seu livro A Caixa Preta de Darwin (Darwin's Black Box). Ele agora é um membro sênior do Discovery Institute, e um membro da International Society for Complexity Information and Design (Sociedade Internacional para a Complexidade da Informação e Design). A pesquisa atual de Behe envolve a simulação de computador da evolução dos sítios de ligação proteica.

Behe nasceu em 1952 e cresceu como um católico romano frequentando escolas paroquiais em Harrisburg, Pensilvânia.[1] Em 1974 graduou-se pela Drexel University com um Bacharelado em química (Bachelor of Science in chemistry). Ele recebeu seu Ph.D. em bioquímica da Universidade da Pensilvânia em 1978 pesquisando a doença falciforme em sua dissertação. Ele trabalhou como um pós-doutorando no National Institutes of Health, de 1978 até 1982. E de 1982 a 1985, foi professor assistente de química no Queens College em Nova York, onde ele conheceu a sua esposa, Celeste. Eles são bem casados e têm 9 filhos.[1] Hoje Michael Behe é professor titular de bioquímica no Departamento de Ciências Biológicas, na Universidade de Lehigh.[1]

Embora ele permaneceu um católico devoto, Behe cresceu acreditando no evolucionismo, até que leu o livro de Michael Denton, Evolution: A Theory in Crisis. Dr. Behe aceita a idade antiga da terra (bilhões de anos), e afirmou que ele não tem nenhuma razão particular para duvidar da ancestralidade comum.[Carece de fontes]

Informações de contato

Michael Behe
Department of Biological Sciences
Iacocca Hall, Building 111
Lehigh University
Bethlehem, PA 18015
Fone: (610) 758-3000
Email: mjb1@Lehigh.EDU
Email alternativo: info@ideacenter.org

Publicações

Livros

Artigos

Videos

  • Michael Behe - Darwinismo Hoje "Os Limites da Evolução" .

  • Michael Behe - Irreducible Complexity" .

Referências

  1. 1,0 1,1 Behe. Página visitada em 4 de Abril de 2012.

Ligações externas