Darwin's Black Box

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
(Redireccionado de A Caixa Preta de Darwin)
Darwinsblackbox large.gif

Descrição

Por Michael Behe
320 páginas brochura
ISBN 0684834936

Em Darwin's Black Box (em português lançado como A Caixa Preta de Darwin) o autor, embora não seja um criacionista, argumenta persuasivamente que máquinas bioquímicas devem ter sido projetadas - por Deus, ou por alguma outra inteligência superior. Usando os exemplos da visão, a coagulação do sangue, cílios, o sistema imunológico, e outros, Behe ​​demonstra que cada sistema funciona como uma máquina molecular "irredutivelmente complexa" bem calibrada. Como uma ratoeira, cada parte interagindo é indispensável para o funcionamento do sistema. Se qualquer uma das partes é removida, o sistema não mais funciona. A tese básica de Behe ​​é a seguinte: Uma vez que qualquer precursor de um sistema irredutivelmente complexo é, por definição, não funcional, um sistema irredutivelmente complexo não pode "evoluir", ou seja, não pode surgir gradualmente por modificações suaves e sucessivas do precursor através de um processo darwiniano.[1]

Fonte

Resenha

Este livro é um pouco técnico. O leigo mediano pode precisar de ajuda para compreender um pouco dos termos do livro. Aqueles com ensino superior ou com um interesse em genética podem ter mais facilidade na leitura.

Referências

  1. Behe, Michael J. Darwin´s Black Box: The Biochemical Challenge to Evolution. New York: Touchstone/Simon & Schuster, 1996. ISBN 0-684-83493-6