Isótopo

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Isótopo do hidrogênio (1H, 2H, e 3H).

Isótopos são um de dois ou mais átomos do mesmo elemento com o mesmo número de prótons (número atômico), mas com diferentes números de nêutrons, resultando em um número diferente de massa atômica.[1]

Eles são variações de elementos químicos, como carbono-12 versus carbono 14. Embora cada elemento tenha o mesmo número de prótons (número atômico), eles podem ter diferentes números de nêutrons e, portanto, diferente (massas atômicas). Isótopos de qualquer elemento particular podem ter propriedades diferentes, e ser mais ou menos estáveis do que os outros.

Massa atômica

A massa atômica de um elemento é a massa média dos isótopos deste elemento.[2]. A massa atômica de qualquer átomo específico (ou isótopo) é uma combinação do número de prótons mais o número de nêutrons que possui. Por exemplo, o carbono sempre tem 6 prótons e, normalmente, também tem 6 nêutrons, mas alguns carbonos tem 7 nêutrons, e uma pequena quantidade de carbono pode ser encontrado com 8 nêutrons. Estas variações de átomos de carbono são o que são conhecidos como isótopos.

A massa atômica e assim o isótopo de um elemento particular é abreviado com um sobrescrito acima do símbolo elementar, tal como 12C, 13C, e 14C. Alternativamente, o isótopo pode ser escrito de uma forma com hífen, como carbono-12 ou C-12.

A massa atômica listada para cada elemento da Tabela Periódica dos Elementos é a massa atômica média das diferentes isótopos encontrados na natureza.

Isótopo Massa atômica
Carbono-12 6 Prótons + 6 Nêutrons
Carbon-13 6 Prótons + 7 Nêutrons
Carbon-14 6 Prótons + 8 Nêutrons

Os isótopos, tais como carbono-14, são utilizados em procedimentos de datação radiométrica em uma tentativa de atribuir datas para artefatos e pedras.

Referências

  1. Cox, H., Porch, T., Wetzel, J. Chemistry for Christian Schools. Bob Jones University Press; Greenville, South Carolina. 2000 (p.534).
  2. Cox, p.529

Ligações externas