In Six Days: Why Fifty Scientists Choose to Believe in Creation

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.

Descrição:

Por John Ashton
384 páginas brochura
ISBN 0890513414

In Six Days: Why Fifty Scientists Choose to Believe in Creation (Em seis dias: por que cinquënta cientistas escolheram acreditar na Criação) é uma compilação de 50 cientistas criacionistas independentes que crem literalmente nos criação do mundo em 6 dias.

O professor de Harvard, Stephen Jay Gould, no programa de tv da CNN Crossfire em novembro de 1999, disse que nenhum cientista legítimo no mundo acredita no relato do Gênesis sobre a criação. Portanto, a questão foi colocada, Algum cientista com boa formação, de auto-respeito com um PhD advogaria uma interpretação literal dos seis dias da criação? É difícil o suficiente se encontrar um teólogo que adere a tal credo. A maioria dos cristãos iriam dizem que eles acreditam na Bíblia mas contudo recusam os seus primeiros capítulos literalmente, alegando que a ciência comprova que o relato da criação não pode ser considerado como um fato. Será que essas pessoas percebem que a ciência não pode provar nem refutar a evolução mais do que pode a criação? Certamente não há relatos humanos de testemunhas de cada uma das duas posições.

O fato é que um monte de fé é necessária para acreditar na teoria da evolução, enquanto muitos fatos científicos realmente apoiam a criação. Em Seis Dias apresenta cinqüenta cientistas do mundo todo, com reconhecidos títulos de doutorado em várias especialidades, que dão testemunho pessoal às suas experiências e a crença cristã na visão bíblica de criação, em contraste com a evolução. A ciência moderna e a filosofia são avaliadas a partir de muitas perspectivas. Os 50 autores de todo o mundo representam uma pequena amostra dos cientistas que reconhecem Jesus Cristo como o Deus-Criador.

Os tópicos discutidos incluem:

  • A teoria do Big Bang
  • O decaimento do campo magnético
  • A complexidade irredutível
  • Processos de datação radioativa das rochas
  • O registro fóssil.

Fonte