William Paley

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
William Paley

William Paley (Peterborough, Nascido::Julho 1743 – Lincoln[1], Morto::25 Maio, 1805) foi um apologista cristão e filósofo Inglês. Ele é mais conhecido por sua exposição do argumento teleológico para a existência de Deus na sua obra Teologia Natural, que fez uso da analogia do relojoeiro (veja também teologia natural). Seu livro "Uma visão das evidências do cristianismo" (em inglês: "A view of the evidences of Christianity"), publicado em 1794, era uma leitura requerida para entrada na Cambridge University até meados do século 20.[2]

Publicações

  • Paley, William. A view of the evidences of Christianity. [S.l.]: University of California Libraries, 1810. 412 p.
  • Paley, William. Natural Theology. Great Clarendon Street, Oxford: Oxford University Press, 2006. 342 p. ISBN 978-0-19-953575-0

Referências

  1. William Paley (1743—1805). Internet Encyclopedia of Philosophy. Página visitada em 13 de Agosto de 2012.
  2. Spetner, Lee M. Not by Chance!. Brooklyn, New York: The Judaica Press, 1998. p. 5. ISBN 1-880582-24-4

Ligações externas