Império Bizantino

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
O Império Bizantino durante sua maior extensão territorial sob Justiniano. c. 550.

O Império Bizantino ou Império Romano do Oriente (Grego: Βασιλεία Ῥωμαίων, Basileía Rhōmaíōn), também conhecido como Bizâncio, era a, seção oriental, de língua grega, do Império Romano que ainda se manteve existindo após a queda da seção ocidental no século 5 dC, centrada em torno de sua capital de Constantinopla. O período bizantino é geralmente considerado por abranger o período 395-1453 dC. O termo real Império Bizantino é uma invenção dos historiadores: os seus habitantes o consideravam uma continuação do Império Romano e se consideravam romanos.

História

O Império é também conhecido como o Império Romano do Oriente, embora este nome é mais comumente usado para se referir ao tempo antes da queda do Império Romano Ocidental. Durante grande parte de sua história, foi conhecido por muitos de seus contemporâneos ocidentais como o Império dos gregos por causa da predominância da língua grega, a cultura e a população, porém, o Latim continuou sendo a língua oficial até o século 7. Para seus habitantes e vizinhos, o Império era simplesmente referido como oImpério romano (Grego: Βασιλεία Ῥωμαίων, Basileía Rhōmaíōn) ou Romania (Grego: Ῥωμανία, Rhōmanía) e seus imperadores continuaram a sucessão ininterrupta de imperadores romanos. No mundo islâmico era conhecido principalmente como روم (Rûm).

Ver também

Referências

Ligações externas