Marisa Lobo

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.

Marisa Lobo Franco Ferreira Alves mais conhecida como Marisa Lobo é uma psicóloga clínica brasileira, cristã, formada pela universidade Tuiuti do Paraná em 1996, especialista em sexualidade humana com pós-graduação em saúde mental além de diversos cursos de extensão. É casada com Jofran Rodrigo Ferreira Alves, e têm dois filhos.[1]

Marisa Lobo Franco Ferreira Alves
Web site www.marisalobo.com.br/
Web site www.psicologiacrista.com.br
Web site marisalobo.blogspot.com.br

Atuação

Marisa Lobo ministra cursos e palestras possuindo experiência de mais de dez anos em clinica e dependência química. Entre suas áreas de atuação se encontram a depressão infantil, violência e abuso sexual na infância, depressão, síndrome da adolescência e todos os tipos de compulsão, vícios e suas conseqüências.[2] Marisa Lobo é também colunista do Gospel+, um site de notícias evangélico.[3] Em 30 de abril de 2013, Marisa lobo se filiou ao Partido Social Cristão do Paraná (PSC).[4] A psicóloga pretende apliar a sua militância pelas causas da família, pela verdade e, principalmente, pela prevenção e combate às drogas.[4] Marisa é pré-candidata a deputada federal no Paraná e já é tratada como puxadora de votos em 2014.[5]

Inquérito do Conselho de Psicologia do Paraná

A psicóloga Marisa Lobo tem sido alvo de determinações do Conselho de Psicologia do Paraná que a insta a retirar todo conteúdo de seu blog e Twitter que vincule sua profissão ao seu posicionamento cristão, sob pena de perder seu registro profissional no conselho caso não acate a determinação.[6] A determinação do conselho foi repudiada por diversos parlamentares evangélicos, entre eles o deputado federal Marco Feliciano, o senador Magno Malta, o deputado João Campos e o deputado Roberto de Lucena.[6] A psicóloga tem intenção de mover um processo contra o CFP, ligado, segundo ela, a grupos ativistas gays.[7] A psicóloga Marisa Lobo recebeu um parecer da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da Ordem dos Advogados do Brasil no Paraná[8] que classificou o inquérito do Conselho Regional de Psicologia do Paraná contra ela, pelo fato de manifestar sua fé publicamente, de inconstitucional e descabido.[9][10] Recentemente o Conselho Federal de Psicologia voltou a movimentar o processo administrativo contra a psicóloga Marisa Lobo cobrando a retirada de referências à religião que a psicóloga mantém em suas redes sociais desta vez acrescentando acusações de homofobia e racismo.[11] A Associação de Psicólogos e Profissionais Pró Família organizou um ato de protesto em frente ao Conselho com objetivo de protestar contra o conflito entre o CFP e Marisa Lobo denominado pela Associação como um ato de perseguição religiosa.[12] Outros psicólogos que foram objeto de processos por conselhos de psicologia são o pastor e psicólogo Silas Malafaia e a psicóloga Rozangela Justino. Em artigo publicado em 25 de setembro de 2013, o sítio web do Vaticano deu destaque a perseguição religiosa sofrida por Marisa Lobo pelo Conselho de Psicologia no Brasil.[13]

Em 18 de junho de 2013 foi aprovada na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, presidida pelo deputado Marco Feliciano, o projeto do Deputado João Campos de Goiânia que garante o direito ao homossexual que quer mudar sua orientação sexual a ser acolhido por um profissional psicólogo.[14] Se aprovado nas comissões de Seguridade Social e Constituição e Justiça o projeto seguirá para o plenário da Câmara.

Novamente em 29/11/2013 Marisa foi convocada a depor no Conselho Regional de Psicologia do Paraná diante de três fiscais e da advogada do conselho. Demonstrando serenidade e firmeza, Marisa novamente reiterou que não irá retirar o nome de psicóloga cristã de suas redes sociais uma vez que outras correntes religiosas tem igual prática e que sequer são chamadas pelos conselhos.[15] Segundo Júlio Severo, esta estratégia do conselho visa "cansar" Marisa uma vez que não encontram motivos reais para a sua cassação.[16]

Em 16 de maio de 2014 o Conselho de Psicologia do Paraná decidiu cassar o registro profissional de Marisa Lobo. Marisa Lobo afirmou que não houve chance de defesa e que “ninguém prestou atenção” ao relator do caso quando falava a seu favor.[17] A psicóloga aguarda publicação no diário oficial do Conselho Federal de Psicologia para tomar as devidas providências. Conforme Joel Engel, esta cassação de Marisa Lobo é um episódio de perseguição religiosa que precisa de reação.[18] Diversas são as reações em defesa de Marisa, entre elas a da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que classificou a decisão do CRP como arbitrária.[19] O senador Magno Malta tomou franca posição em defesa de Marisa fazendo um discurso contra a cassação da psicóloga Marisa Lobo por parte do CRP do Paraná.[20] Uma parcela de internautas importante que se posicionou a favor de Marisa organizou uma página 'Ex-gays no Facebook' a defendendo e criticando o órgão.[21]

No dia 6 de novembro de 2014, uma quinta-feira, a Justiça Federal anulou o processo administrativo do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) que havia cassado a licença profissional da psicóloga Marisa Lobo.[22]

Ao se inteirar do caso, a jornalista Rachel Sheherazade questionou se este seria um caso de cristofobia uma vez que o órgão não processou pelas mesmas ‘transgressões’ outros profissionais autodenominados budistas, xamanistas, judaicos, umbandistas, e até mesmo parapsicólogos.[23]

No dia 22 de maio de 2015, o Conselho Federal de Psicologia decidiu pela não cassação de Marisa Lobo.[24] Marisa Lobo foi representada pela advogada Damares Alves que é cristã e também psicóloga.[25] Marisa Lobo agora, afirmou que pretende processar o CRP-PR por todas as humilhações, perseguições, e por eles terem destruído a profissão dela no mundo secular.[26] Até o dia 26 de maio o CRP-PR não havia mencionado em sua seção de notícias a decisão do Conselho Federal de Psicologia.[27] O CFP aplicou, contudo, uma outra penalidade, prevista no Código de Processamento Disciplinar, diferente portanto da aplicada pelo CRP-PR.[28] Cabe ao CRP-PR divulgar e aplicar a pena imposta pelo CFP.[28] O pastor Marco Feliciano comemorou a vitória de Marisa Lobo.[29] Segundo Feliciano, esta foi mais uma vitória do povo de Deus.

Na Wikipédia, 3 artigos mencionam a cassação de Marisa Lobo pelo CRP-PR (artigos Charlatanismo, Homofobia e Homofobia no Brasil), mas até o dia 18 de março de 2016, nenhum dos artigos mencionava que o Conselho Federal de Psicologia decidiu pela não cassação de Marisa Lobo. Igualmente, nenhum dos três artigos havia mencionado até esta data que a Justiça Federal havia anulado o processo administrativo do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) em 6 de novembro de 2014. Esta omissão de fatos vai de encontro a afirmada "imparcialidade" e "neutralidade" da Wikipédia.

Homenagens

Em 2 de Setembro de 2013 a psicóloga Marisa Lobo foi homenageada pela câmara de Vereadores de Manaus pelas mãos do vereador Amauri Colares, recebendo a bandeira de Manaus e uma comenda de ouro.[30]

Obras

Livros

DVD´s

  • Auto-Controle
  • Auto-Estima da Mulher: Eu Acredito em Mim
  • Drogas: Prevenção e Enfrentamento
  • Lembra deste Dia? Restauração da Família
  • Luta Interior: Somente Admitindo Minhas Dependências Serei verdadeiramente Livre
  • Pedofilia: Não: O mal pode estar na sua casa e sua omissão..
  • Sexualidade da Mulher
  • Sexualidade Debaixo da Graça
  • Desconstrução Familiar
  • Comportamentos Compulsivos
  • Mecanismo de Defesa do Ego
  • Ditadura Ideológica de Gênero: Desconstruindo a Família Tradicional

Ver também

Referências

  1. Psicologia Cristã. Página visitada em 10 de março de 2013.
  2. Marisa Lobo. Página visitada em 10 de março de 2013.
  3. Pesquisador diz que heterossexualidade é imposição social; Psicóloga Marisa Lobo rebate: “Ditadura gay quer nos transformar em anormais”;acessodata=30 de junho de 2013.
  4. 4,0 4,1 Ratinho Jr filia Marisa Lobo, a criadora do “Maconha não” (30 de Abril de 2013). Página visitada em 30 de junho de 2013.
  5. Psicóloga Marisa Lobo será candidata no Paraná. Partido Social Cristão (16 Dezembro 2013). Página visitada em 31 de dezembro de 2013.
  6. 6,0 6,1 Marisa Lobo rejeita determinação do Conselho de Psicologia e reafirma que não vai negar sua fé. Página visitada em 10 de março de 2013.
  7. Psicóloga Cristã Marisa Lobo relata ameaças nas redes sociais. Página visitada em 10 de março de 2013.
  8. OAB-PR emite parecer sobre ação do Conselho de Psicologia contra Marisa Lobo, e classifica ação como “descabida” e “inconstitucional”. Página visitada em 10 de março de 2013.
  9. PSICÓLOGA MARISA LOBO. Página visitada em 10 de março de 2013.
  10. Parecer da OAB (PR) sobre o caso Marisa Lobo (perseguição religiosa). Página visitada em 10 de março de 2013.
  11. Conselho de Psicologia volta a ordenar que Marisa Lobo apague todas as referências de que é cristã; Processo de cassação é reaberto. Página visitada em 10 de março de 2013.
  12. Associação de psicólogos organiza protesto em apoio a Marisa Lobo em frente ao Conselho de Psicologia. Página visitada em 30 de junho de 2013.
  13. Brazil: Psychologist forbidden to call herself Christian. Vatican Insider (25 de setembro de 2013). Página visitada em 25 de setembro de 2013.
  14. Flávia Foreque Márcio Falcão (18 de junho de 2013). Proposta sobre 'cura gay' é aprovada em comissão presidida por Feliciano. Página visitada em 18 de junho de 2013.
  15. Marisa Lobo comenta sessão em Conselho de Psicologia: “Foi tensa" (30 de novembro de 2013). Página visitada em 30 de novembro de 2013.
  16. Inquisidores do Conselho de Psicologia trabalham para cassar ou cansar Marisa Lobo. Página visitada em 30 de novembro de 2013.
  17. Marisa Lobo tem registro de psicóloga cassado por demonstrar sua fé nas redes sociais. Página visitada em 29 de maio de 2014.
  18. Cassação de Marisa Lobo é perseguição religiosa, precisamos reagir. Página visitada em 29 de maio de 2014.
  19. Conselho de Psicologia decide cassar registro de psicóloga de Marisa Lobo por sua fé cristã. Página visitada em 29 de maio de 2014.
  20. Magno Malta comenta cassação de Marisa Lobo: "O CRP cometeu um crime jurídico". Página visitada em 29 de maio de 2014.
  21. ‘Ex-gays’ defendem psicóloga cassada no Paraná por fazer ‘cura gay’. Página visitada em 30 de maio de 2014.
  22. Justiça anula cassação de psicóloga acusada de oferecer “cura gay”. Página visitada em 9/11/2014.
  23. Rachel Sheherazade comenta julgamento de Marisa Lobo: “Cristofobia”. Página visitada em 27 de maio de 2015.
  24. Conselho Federal de Psicologia decide pela não cassação da psicóloga cristã, Marisa Lobo. Página visitada em 22/05/2015.
  25. Conselho Federal de Psicologia decide pela não cassação de Marisa Lobo. Página visitada em 25 de maio de 2015.
  26. Após vitória no Conselho de Psicologia, Marisa Lobo anuncia que irá processar acusadores. Gnotícias. Página visitada em 26 de maio de 2015.
  27. Conselho Regional de Psicologia do Paraná - Notícias. Página visitada em 26 de maio de 2015.
  28. 28,0 28,1 Nota de Esclarecimento: Julgamento de processo ético. Página visitada em 27 de maio de 2015.
  29. Após vitória no Conselho de Psicologia, Marisa Lobo anuncia que irá processar acusadores. Página visitada em 27 de maio de 2015.
  30. Marisa Lobo é homenageada por combate à legalização da maconha. Página visitada em 17 de setembro de 2013.

Ligações externas