Marco Feliciano

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Deputado Marco Feliciano

Marco Antônio Feliciano (Orlândia, Nascido::Outubro 12, 1972) é um pastor evangélico da Catedral do Avivamento, uma igreja pertencente à Assembléia de Deus, e político brasileiro. Eleito atualmente como deputado federal pelo Partido Social Cristão (PSC) em 2010 com 212 mil votos,[1] foi um dos evangélicos com maior número de votos no país ficando na 12ª posição entre os 70 deputados eleitos por São Paulo.[2] Em março de 2013, ele foi eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados do Brasil.

Marco Feliciano é empresário, autor de 18 livros,[3] e também autor de DVDs que venderam cerca de 600 mil cópias.[4]

Marco Antônio Feliciano
Web site www.marcofeliciano.com.br
Email: contato@marcofeliciano2010.com.br

Biografia

Feliciano nasceu em Orlândia de origem humilde, filho de José Antonio Novo e Lucia Maria Feliciano. Aos 26 anos, apesar de não estar ainda consagrado pastor, obteve o reconhecimento da Assembleia de Deus ao subir no púlpito dos Gideões Missionários para pregar em 1999.[5] Aos 27 anos foi consagrado pastor por Ouriel de Jesus nos Estados Unidos.[5] Feliciano é casado com Edileusa de Castro Silva Feliciano e tem três filhas: Karen, Ketllyn e Kamille

Feliciano estudou na Faculdade de Educação Teológica Lógos – Faetel – São Paulo. Obteve o bacharelado em Teologia (Faculdade de Teologia de Boa Vista – Fatebov), o título de Bachelor in the Arts of Theology (portugues: Bacharel em Artes da Teologia) e o título de Doctor in Divinity (Mestrado em Teologia) com honras pelo International Seminary Hosanna and Bible School, de Pompano Beach, nos Estados Unidos.[6][7][8]

Comissão de Direitos Humanos e Minorias

Feliciano foi eleito para o cargo de presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. No entanto, apesar das controvérsias geradas devido à sua eleição por parte de grupos liberais e ativistas LGBT, Feliciano recebeu uma moção de apoio por parte de milhares de colegas da Assembléia de Deus.[9] Diversos líderes evangélicos e internautas também organizaram a campanha "Marco Feliciano não renuncie", manifestando apoio ao pastor para que permanecesse na presidência da CDHM.[10] Feliciano contou também com o apoio do pastor Silas Malafaia, com quem já chegou a ter divergências doutrinárias.[11] Silas igualmente demonstrou apoio à Feliciano e sugeriu liderar uma mobilização evangélica em Brasília[12][13]

Em 18 de junho de 2013 foi aprovada na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, presidida pelo deputado Marco Feliciano, o projeto do Deputado João Campos de Goiânia que garante o direito ao homossexual que quer mudar sua orientação sexual a ser acolhido por um profissional psicólogo.[14] Se aprovado nas comissões de Seguridade Social e Constituição e Justiça o projeto seguirá para o plenário da Câmara.

Hostilidades

Durante um voo com trajeto que partia de Brasília para Guarulhos, o deputado foi alvo de um protesto hostil no avião em pleno voo feito por alguns passageiros.[15] O vídeo foi amplamente divulgado na internet. O deputado resolveu reagir ao protesto hostil que foi feito contra ele e enviou ofício à Polícia Federal solicitando a instauração de um inquérito para investigar a postura dos manifestantes.[16]

Criacionismo

Em entrevista em 1 de Abril de 2013 para o programa "Poder e Política", um projeto do UOL e da Folha conduzido no estúdio do Grupo Folha em Brasília pelo jornalista Fernando Rodrigues, Marco Feliciano confirmou ser criacionista.[17] Em entrevista ao programa "Agora É Tarde" ele afirmou que advoga a teoria criacionista e se posicionou contra pesquisas em células tronco e o sexo anal mesmo entre heterossexuais.[18]

Marco Feliciano, deputado federal pelo PSC de São Paulo, apresentou no dia 13 de novembro de 2014, um projeto de lei que institui o criacionismo em todas as escolas brasileiras, sejam elas públicas ou privadas.[19]

Publicações

Livros

  • Teologia Sistemática da Doutrina Pentecostal
  • Feliciano, Marco. Ouse Sonhar: Como usar as Derrotas do Passado para Construir seus Caminhos. Rio de Janeiro: Thomas Nelson, 2009. ISBN 978-85-7860030-3
  • Feliciano, Marco. Assassinos de Profetas. [S.l.]: Missão e Vida, 2003. ISBN ISBN 978-85-9883203-6
  • O Sonho de José
  • Dia maus
  • Feliciano, Marco. Tempo de Avivamento: Quando o Fogo Transborda o Altar. [S.l.]: Missão e Vida/Getsêmani, 2002.
  • Feliciano, Marco. Chamada de Fogo. [S.l.]: Missão e Vida/Getsêmani, 2003.
  • Feliciano, Marco. Heróis sem Medalha. [S.l.]: Missão e Vida, 2007.
  • Feliciano, Marco. Decadência: Tempo de Apostasia. [S.l.: s.n.], 2005.
  • Fábrica de Campeões
  • Resgatando Avivamento
  • O Silêncio de Deus
  • Feliciano, Marco. O Sonho do Homem e o Projeto Missionário. [S.l.]: Missão e Vida, 2001.
  • O Grande Conflito
  • Quanto Vale um Amigo
  • Vinho do Inferno
  • Depois do Arrebatamento
  • Íntimos de Deus

Ver também

Referências

  1. PSC anuncia que Feliciano fica na Comissão de Direitos Humanos. O Globo. Página visitada em 22 de junho de 2013.
  2. Deputado Marco Feliciano: Não Aceito as Atitudes Homossexuais em Espaço Público. Revista Época. Página visitada em 22 de junho de 2013.
  3. Conheça Marco Feliciano, que preside a Comissão de Direitos Humanos. Portal Terra (25 de março de 2013). Página visitada em 22 de junho de 2013.
  4. Marco Feliciano. Página visitada em 22 de junho de 2013.
  5. 5,0 5,1 Hoje famoso, pastor já foi rejeitado por líderes evangélicos. Página visitada em 22 de junho de 2013.
  6. Portal Terra:Marco Feliciano acusa jornalistas de 'inventarem besteiras' (27 de março de 2013). Página visitada em 23 de junho de 2013.
  7. Aryana Aragão. Partido Social Cristão (PSC):Entrevista Pastor Marco Feliciano. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  8. Pastor Marco Feliciano recebe diploma da Faculdade de Educação Teológica de SP. Faculdade de Educação Teológica de São Paulo (2006). Página visitada em 23 de junho de 2013.
  9. Feliciano recebe moção de apoio de colegas pastores. Folha de São paulo (09/04/2013). Página visitada em 23 de junho de 2013.
  10. Líderes evangélicos e internautas lançam campanha “Marco Feliciano não renuncie” e manifestam apoio ao pastor. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  11. Silas Malafaia critica carta aberta de pastores contra Marco Feliciano
  12. Pastor Silas Malafaia organiza marcha de apoio a Marco Feliciano em Brasília. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  13. Marco Feliciano espera apoio de líderes evangélicos em Brasília. O Globo. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  14. Flávia Foreque Márcio Falcão (18 de junho de 2013). Proposta sobre 'cura gay' é aprovada em comissão presidida por Feliciano. Página visitada em 18 de junho de 2013.
  15. Manifestantes que protestaram contra o pastor Marco Feliciano durante voo negam desrespeito: “Não somos gays e essa não é uma briga de minoria”. Página visitada em 21 de agosto de 2013.
  16. Pastor Marco Feliciano denuncia ativistas que protestaram contra ele durante voo à Polícia Federal: “Estavam certos da impunidade”. Página visitada em 21 de agosto de 2013.
  17. Leia a transcrição da entrevista de Marco Feliciano à Folha e ao UOL. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  18. Não na frente dos meus olhos, diz Marco Feliciano sobre beijo gay. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  19. Deputado propõe ensino de criacionismo nas escolas e cria um debate trava-cabeça. Página visitada em 17/11/2014.