Petitio principii

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Falacia logica.png

Uma petição de princípio (Latim: petitio principii, "assumindo o ponto inicial") (em inglês, Begging the question) é um tipo de falácia informal em que uma premissa implícita iria implicar diretamente a conclusão. Ou seja, é demonstrar uma tese partindo do princípio de que já é válida. Uma falácia de petitio principii, ou "petição de princípio", é cometida quando uma proposição que exige uma prova é assumida sem provas.

É uma retórica falaciosa, por vezes proposital, usada algumas vezes para por um fim rápido ao debate como no caso de uma discussão com uma criança.

Exemplos

  • "Eu tenho razão porque eu sou seu pai, e os pais estão sempre certos".
  • Após um assalto a mão armada, uma das vítimas pergunta para o parceiro assaltado:
  1. - Porque você entregou nosso passaporte junto com o dinheiro?
  2. - Porque ele é um viajante.
  3. - Mas ele não pediu passaporte. Porque acha que ele é viajante?
  4. - Porque ele tem um passaporte.
  • Aqui está uma tentativa de provar que Chaves diz a verdade:
  1. - Suponha que Chaves não mente quando ele fala.
  2. - Chaves está falando.
  3. - Portanto, Chaves está dizendo a verdade.
  • Em discussões evolutivas, um exemplo poderia ser:
  1. - Este organismo está apto
  2. - Como você sabe que ele está apto?
  3. - Porque ele sobreviveu

Exemplo Formal

Formalmente esta falácia tem a seguinte estrutura. Para alguma proposição p

  • p implica q
  • q implica r
  • r implica p
  • suponha p
  • portanto, q
  • portanto, r
  • portanto, p.

Ver também

Falacia logica.png
Aviso:
Este argumento representa uma
Petitio principii.
Use a predefinição {{falácia|Petitio principii}} para inserir o aviso acima em uma página contendo um exemplo de falácia Petitio principii. A predefinição une o rótulo de advertência para esta página.

Referências