Glaciação

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Glaciar Quelccaya localizado no sul do Peru, na Cordilheira Vilcanota.

Glaciação é a observação e o estudo dos grandes processos geológicos relacionados com a transformação, movimento e efeitos das camadas de gelo ou glaciares sobre o meio ambiente. Através de muitos acúmulos de neve anuais superiores ao da capacidade da Terra de derreter, começa a acontecer, a compactação, e em seguida, literalmente força o ar para fora entre os flocos de neve individuais. Camadas sobre camadas de neve se acumulam e, eventualmente, se transformam em gelo glacial a medida que a neve recristaliza, aumentando sua granulometria e eventualmente, a densidade aumenta, a tal ponto que ele se transforma em um bloco sólido de gelo. Pode ser vista com uma aparência azul devido às suas propriedades que absorvem todas as outras cores de luz exceto a azul que é transmitida em vez disso.

A zona de acumulação é o ponto em que a ablação ou de perda de neve e/ou gelo glacial é de pouca importância. A zona de ablação é o ponto da geleira em que a acumulação não exceda ablação. A ablação pode incluir os efeitos do vento, o Sol derretendo a neve, ou a evaporação. Assim, a linha de firn ou de equilíbrio, como é chamada está entre a zona de acumulação e da zona de ablação. Por exemplo montanhas tem uma zona de acumulação em altitudes elevadas perto do pico quando as temperaturas não permitem que o verão em cheio as derreta.[1]

Peso como Fator Movimento

Uma vez que a acumulação suficiente de gelo glacial ocorre dando-lhe uma espessura de cerca de 20,12 metros (66 pés) o seu próprio peso força-a a mover-se. Este movimento é realizado por dois fatores; deformação interna e deslizamento basal. O movimento tem lubrificação através da água derretida na parte inferior, devido a deformação interna um tipo de fluxo plástico rígido é realizado arremessando o topo da geleira mais rápido do que a parte inferior. Tão rápido que as geleiras têm sido observadoa a mover 1.000 metros em um ano, geralmente 10 centímetros por dia.

A maior parte da erosão e da topografia da América do Norte foi realizada pela glaciação, o que, conseqüentemente, causou a formação de altas regiões montanhosas. Houve muitos períodos de gelo glacial acumulado no passado da Terra, a última das quais, de acordo com o pensamento geológico secular atual, só terminou 10.000 anos atrás.[2]

Referências

  1. Glaciation Ritter, Michael E. The Physical Environment: an Introduction to Physical Geography.
  2. Glaciers and Glaciation Prof. Stephen A. Nelson. Tulane University.

Ligações externas

Creationwiki geology portal.png
Navegar
Creationwiki geography portal.png
Navegar


Ver também