Tetragrama (sagrado)

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Letras Hebraicas י (yod) ה (heh) ו (vav) ה (heh), ou YHVH. (o Tetragrama sagrado)

O têrmo tetragrama (Grego: τετραγράμματον, tetragrammaton, que significa "quatro letras") , também conhecido como o "nome quadriliteral"[1] ou Shem Ha-Meforash (o “Nome indescritível”)[2] refere-se a transliteração hebraica YHVH (Hebraico: יהוה, YHVH). É considerado no judaísmo a ser um nome próprio do Deus de Israel, como indicado na Bíblia Hebraica. A pronúncia correta do nome do SENHOR é hoje ignorada.[3]

Judeus estão proibidos de dizer ou escrever o Tetragrama em cheio. Ao ler a Torá, eles usam o termo Adonai. Alguns judeu s evitam até mesmo usar o termo Adonai quando fora do contexto de oração ou da leitura pública do texto bíblico, usando, em seu lugar HaShem (O nome). Em algumas traduções da Bíblia cristã se usa o termo SENHOR no lugar do Tetragrama sagrado, escrito com letras maiúsculas pequenas (ou todas as letras maiúsculas) para distingui-lo de outras palavras traduzidas como "Senhor". Segundo a interpretação tradicional judaica, o Tetragrama sagrado tipifica a qualidade divina da misericórdia.[1]

Referências

  1. 1,0 1,1 Birnbaum, Philip. Encyclopedia of Jewish Concepts. New York: Hebrew Publishing Company, 1979. p. 38. ISBN 0-88482-930-8
  2. Unterman, Alan. Dicionário Judaico de Lendas e Tradições. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1992. 278 p. ISBN 85-7110-243-0
  3. Szlakmann, Charles. O Judaísmo para Iniciantes. 2ª ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1989. p. 35. ISBN 85-11-31006-1