Caverna dos Patriarcas

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Caverna dos Patriarcas em Hebron, Israel.

A Caverna dos Patriarcas, Túmulo dos Patriarcas ou Caverna de Macpela (Hebraico: מערת המכפלה, Me'arat HaMachpela, Nome significa::"caverna dos túmulos duplos") ou o Santuário de Abraão (Árabe: الحرم الإبراهيمي‎, Al-Haram Al-Ibrahimi)—é a câmara funerária para os primeiros Patriarcas bíblicos (Abraão, Isaque e Jacó). O complexo, localizado na antiga cidade de Hebrom na Cisjordânia, é o segundo local mais sagrado para judeus (após o Monte do Templo em Jerusalém) e é venerado também pelos cristãos e muçulmanos que afirmam que o local é o lugar do enterro de três casais bíblicos: (1) Abraão and Sara; (2) Isaque and Rebeca; (3) Jacó e Léia.

Livro de Gênesis

Ele é mencionado como tendo sido adquirido pelo patriarca hebreu Abraão como uma sepultura para sua família depois que sua esposa Sara morreu (Genesis 23:1-20 ). Ele comprou um terreno perto de Hebron de Efrom, o hitita, a caverna de Macpela, por 400 siclos de prata. Lá ele enterrou sua esposa Sara. Mais tarde, o próprio Abraão (Genesis 49:31 ), Isaque e Rebeca (Genesis 35:29 ; Genesis 49:31 ), e depois Jacó e Léia (Genesis 49:28-33 ; Genesis 50:4-5 ; Genesis 50:12-13 ) foram enterrados ali. O nome Hebraico ("caverna dos túmulos duplos") refere-se ao layout físico das duas câmaras originais. Jacó cavou ainda mais, para fazer uma terceira câmara para Léia e ele próprio (Genesis 50:5 ). A outra esposa de Jacó, Raquel, foi sepultada "no caminho para Efrata, o qual é Belém" (Genesis 35:19-20 ). O local é agora conhecido como a Tumba dos Patriarcas ou a Tumba dos Patriarcas e Matriarcas e é um local sagrado para os cristãos, judeus e muçulmanos igualmente.

Ver também

Referências

Ligações externas