Antonio Snider-Pellegrini

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Em 1858, geógrafo Antonio Snider-Pellegrini fez esses dois mapas que mostram a sua versão de como os continentes Americano e Africano um dia podiam ter se encaixado, e depois se separado.

Antonio Snider-Pellegrini (Nascido::1802Morto::1885) foi um geógrafo e cientista americano que viveu em Paris, na França[1][2], e que produziu, em 1858, dois mapas que representam a sua versão de como as Américas e o continente africano poderiam uma vez terem estado encaixados, e então se separado posteriormente. Seu modelo teorizou sobre a possibilidade da deriva continental, antecipando-se às teorias de Wegener sobre a Pangeia por várias décadas. Pellegrini também propôs uma enorme diminuição do tamanho da Terra durante os dias do Gênesis bíblico.[3]

Publicações

  • La Création et ses mystères dévoilés ("A Criação e seus Mistérios Revelados")

Referências

  1. David Bressan (19 de janeiro de 2011). From Contractional theory to modern geology. Página visitada em 16 de outubro de 2013.
  2. Continental Drift & Plate Tectonics. Página visitada em 16 de outubro de 2013.
  3. Scalera, Giancarlo. (2 de Dezembro de 2009). "Roberto Mantovani (1854-1933) and his ideas on the expanding Earth, as revealed by his correspondence and manuscripts". Annals of Geophysics 52 (6) pp. 617. ISSN 2037-416X.