Ad hoc

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Falacia logica.png

Uma ad hoc é uma explanação infalsificável fornecida, num esforço para explicar uma inconsistência em uma teoria.

Por exemplo: Uma criança diz que entregou sua lição de casa ao professor. O professor, em seguida, o confronta com o fato de que a lição de casa não está na caixa. A criança responde: "Alguém deve ter roubado!" A criança não tem nenhuma evidência para apoiar a alegação de que alguém roubou a sua lição de casa -- ele simplesmente fabricou uma explicação infalsificável para lidar com uma dificuldade em sua história.

Explicações ad hoc comumente aparecem para sustentar teorias pobres nas ciências. Por exemplo, o sistema ptolomaico, que sustentava que todos os corpos celestes se moviam em esferas concêntricas em torno da Terra, enfrentou contínuas dificuldades de novas e inusitadas observações -- notadamente os planetas, que não se movem com as outras estrelas. A fim de lidar com essas dificuldades, foram adicionadas alterações cada vez mais complexas e arbitrárias para o esquema. As soluções ad hoc foram capazes de fazer a teoria preferida corresponder aos fatos observados, assim como "alguém roubou o meu dever de casa" explicou a diferença entre a afirmação do filho que ele entregou o dever de casa e o fato de que ele não estava lá. No entanto, durante milênios, a adição de mais e mais explicações ad hoc fizeram o modelo parecer cada vez menos razoável.

A evolução convergente é uma explanação ad hoc para estruturas análogas.