Codex Vaticanus

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Page from Codex Vaticanus; ending of 2 Thes and beginning of Heb

O Codex Vaticanus (Vaticano, Bibl. Vat., Vat. gr. 1209; nº. B ou 03 Gregory-Aland, δ 1 von Soden), é um dos mais antigos manuscritos existentes da Bíblia Grega (Velho e Novo Testamento), um dos quatro grandes códices unciais. O Codex é nomeado pela sua residência na Biblioteca do Vaticano, onde ele está guardado, pelo menos desde o século 15.[1] É encontrada na Biblioteca do Vaticano em Roma, pelo menos desde 1481.[2][nota 1] Existem algumas lacunas, tais como, os primeiros 45 capítulos de Gênesis, uma parcela de 2 Reis, alguns dos salmos, o fim da Epístola aos Hebreus, e todo o livro de Apocalipse.[3] Ele é escrito em 759 folhas de pergaminho em letras unciais e foi datado do século 4.[4]

Notas

  1. De acordo com livro de Champlin, desde 1475, em Champlin, R,N.; Bentes, J.M. Enciclopédia de Bíblia Teologia e Filosofia. São Paulo, SP: Editora Candeia, 1991. p. 77. 6 vol. vol. 4.

Referências

  1. Metzger, Bruce M.; Bart D. Ehrman. The Text of the New Testament: Its Transmission, Corruption and Restoration. New York – Oxford: Oxford University Press, 2005. p. 67. ISBN 978-0-19-516122-9
  2. Comfort, Philip Wesley. In: Comfort, Philip Wesley. The Origin of the Bible. Wheaton, Illinois: Tyndale House Publishers, 1992. p. 181. ISBN 0-8423-4735-6
  3. Champlin, R,N.; Bentes, J.M. Enciclopédia de Bíblia Teologia e Filosofia. São Paulo, SP: Editora Candeia, 1991. p. 77. 6 vol. vol. 4.
  4. Aland, Kurt; Aland, Barbara. The Text of the New Testament: An Introduction to the Critical Editions and to the Theory and Practice of Modern Textual Criticism, trans. Erroll F. Rhodes. Grand Rapids, Michigan: William B. Eerdmans Publishing Company, 1995. p. 109. ISBN 978-0-8028-4098-1