Torá

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Bereshit, que significa "no princípio," - de uma Bíblia Hebraica publicada na Alemanha em 1933.

Torah é a palavra Hebraica (תּוֹרָה) significando "Lei", "Direção", ou "Instrução"[1] é o nome dado aos cinco primeiros livros do Tanakh (também chamados de Hamisha Humshei Torah, חמשה חומשי תורה - os cinco quintos da Torá[2]) e que constituem o texto central do judaísmo. A Torá é o manuscrito Hebraico também chamado de Lei de Moisés (Torat Moshe תּוֹרַת־מֹשֶׁה). É o texto mais sagrado do Judaísmo, que contém que contém a lei judaica escrita e oral.

A Torá consite dos 5 primeiros livros da Bíblia hebraica ou o Antigo testamento cristão. É a primeira das três divisões do cânone Hebraico: A Torá (תורה), Neviim (נביאים) (profetas) e Kethuvim (כתובים) (os Escritos).[3] Os cinco livros e os seus nomes e pronúncias em original hebraico são os seguintes:

  • Gênesis (בראשית, Bereshit: "No princípio...")
  • Êxodo (שמות, Shemot: "Os nomes")
  • Levítico (ויקרא, Vayyiqra: "E chamou...")
  • Números (במדבר, Bammidbar: "No deserto (ermo)...")
  • Deuteronômio (דברים, Devarim: "Palavras", ou "Discursos")

Esta parte da Bíblia cristã é também chamado de Pentateuco, que é derivado das palavras do grego penta significando "cinco", e teukhos que significa "manuscritos" ou "rolos" ("manuscritos dos cinco livros"). Na literatura rabínica a palavra Torah designa ambos os cinco livros, Torah Shebichtav (תורה שבכתב, "Torá que é escrita"), e a Torá Oral, Torah Shebe'al Peh (תורה שבעל פה, "Torah que é falada"). A Torá Oral consiste das interpretações tradicionais e amplificações proferidas de boca em boca, de geração em geração e consagradas no Talmud (תַּלְמוּד) e na Midrash (מדרש‎) .[4] O plural de Torá é Torot e é usado para se referir a Torá escrita e a Torá oral conjuntamente. Segundo Maimônides, todo judeu é obrigado a estudar a Torá.[5]

Abraão, Isaque, Jacó (coletivamente conhecidos como os Patriarcas e Moisés são as quatro figuras mais importantes da Torá.[6] A Torá foi dada ao povo de Deus com preceitos de comportamento neste mundo em obediência ao Senhor.[7]

Ver também

Referências

  1. In: Douglas, J.D.; Tenney, Merril C. The New International Dictionary of the Bible. Grand Rapids, Michigan: Zondervan Publishing House, 1987. 1162 p. p. 1025. ISBN 0-310-33190-0
  2. Unterman, Alan. Dicionário Judaico de Lendas e Tradições. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1992. 278 p. p. 68. ISBN 85-7110-243-0
  3. Unger, Merrill F. In: Harrison, R. K.. The New Unger´s Bible Dictionary. Chicago: Moody Press, 1988. p. 1297. ISBN 0-8024-9037-9
  4. Birnbaum, Philip. Encyclopedia of Jewish Concepts. Revisada ed. New York: Hebrew Publishing Company, 1979. p. 630. ISBN 0-88482930-8
  5. Szlakmann, Charles. O Judaísmo para Iniciantes. 2ª ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1989. p. 67. ISBN 85-11-31006-1
  6. In: Gilbert, Martin. The Ilustrated Atlas of the Jewish Civilization. New York: MacMillan, 1990. p. 10-11. ISBN 0-02-543415-2
  7. In: Barnavi, Eli. A Historical Atlas of the Jewish People. New York: Schocken Books, 1992. p. 13. ISBN 0-8052-4127-2

Ligações externas

Uma gravura de um pergaminho do Pentateuco em caracteres hebraicos, na Biblioteca Britânica Add. MS. 4.707.
  • Torá na Wikipedia
  • Pentateuco na Wikimedia Commons (em inglês)
  • Torah na Conservapedia (artigo em inglês)