Ilha de Umboi

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Ilha de Umboi vista do espaço (em cor falsa). A Ilha Sakar também está visível.

Chamada pelo povo de Papua Nova Guiné "Siassi," a Ilha de Umboi, na província de Morobe, é a maior das ilhas vulcânicas entre o continente e Ilha da Nova Bretanha. Durante a Segunda Guerra Mundial foi denominada "Ilha de Rooke." É um vulcão complexo sem erupções históricas e tem cerca de 900 quilômetros quadrados de área, com o maior comprimento de 50 km.

Entre 1994 e 2004, pesquisadores criacionistas de pterossáurios vivos exploraram a ilha cinco vezes, em busca do que os moradores chamam de "ropen." Houve dois avistamentos durante as duas expedições de 2004 (por Luke Paina [1] e por David Woetzel [2]), ambos à distância e à noite, mas foram entrevistadas muitas testemunhas oculares. A informação recolhida contribuiu para mais duas expedições bem sucedidas (Nation e Kepas) à parte continental: Novembro de 2006, e Março de 2007, no início das quais dois indavas (que se acredita serem semelhantes aos ropen, ou mesmo da mesma espécie) foram filmados.

Investigadores de pteurossauros vivos explorando Papua Nova Guiné ou entrevistando nativos têm incluído os missionários Jim Blume, Jacob Kepas, Carl Baugh, Bob Summers, Paul Nation, Nathanael Nation, Jonathan Whitcomb, David Woetzel, e Garth Guessman.

Referências

  1. Eyewitness David Moke, Pterosaurs Still Living
  2. Ropen Light Sighting by David Woetzel, Pterosaurs Still Living

Outras leituras