Humano

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Translation Latin Alphabet.png
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Humano
Baby boy 1 month old.jpg
Classificação científica
Espécies
Human biological systems.PNG

Humanos ou seres humanos são qualquer uma das espécies ou raças dentro do gênero Homo. A cosmovisão bíblica do ser humano é regida pela doutrina ou crença de que os seres humanos foram criados na imagem de Deus e consistem de um corpo físico e uma alma imortal. Este ponto de vista é filosoficamente contrário ao evolucionismo ou traducianismo.

O corpo humano é o componente físico ou biológico do ser humano. Os seres humanos são, sem dúvida, o mais complexo organismo na Terra. Bilhões de partes microscópicas, cada uma com sua própria identidade, trabalham em conjunto de forma organizada para o benefício do ser total.[1] Tal é o corpo que Deus criou para nós. Em Salmos 139, David declara que seu corpo é uma prova maravilhosa do amor criativo de Deus. Seu design maravilhoso serve para fornecer evidências do poder criador de Deus e do amor que Ele tem por nós.

Pois possuíste o meu interior; entreteceste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo terrível e tão maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. . Salmos 139:13-14

Visões de mundo

Bíblico

A cosmovisão bíblica da criação é baseada na Bíblia, que afirma que os seres humanos foram criados no sexto dia da criação seguindo os animais terrestres aproximadamente 6000 anos atrás. O livro do Genesis afirma que o homem é distinto dos animais, e foi criado na imagem de Deus.

E disse Deus: "Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra." Genesis 1:26

Além disso Adão é descrito no Genesis como tendo sido feito à imagem de Deus. Há duas definições básicas para imagem de Deus. A primeira define que Adão foi criado para refletir a natureza espiritual de Eloim. Essa crença, de longe a mais difundida entre os teístas, sustenta que Adão foi criado à imagem espiritual de Deus, para refletir sua razão e personalidade e habilidade para se comunicar.

Outro ponto de vista sustenta que Adão foi criado para refletir a aparência física de Eloim. Costuma-se dizer que esta visão é baseada em parte no corporealismo, ou a crença de que Deus tem um corpo físico. No entanto, Deus, em sua onipresença não é corporal, mas é Espírito (John 4:24).[2]

Argumentos para este ponto de vista incluem:

  • As mesmas palavras usadas para imagem (tselem), e semelhança (d@muwth), são usadas para descrever os filhos dos patriarcas. (por exemplo " E Adão viveu cento e trinta anos, e gerou [um filho] à sua semelhança , conforme a sua imagem; e chamou o seu nome Sete;" (Genesis 5:3 )
  • Elohim é plural, como é a frase, "Façamos o homem à nossa imagem," o que implica que o Eloim (plural, para incluir o Jeová Eloim e os Filhos de Deus) decidiram criar o homem a sua imagem;
  • Jeová Eloim (o "Senhor dos deuses") é descrito como fisicamente andando pelo jardim. "E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e escondeu-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.." Genesis 3:8 .
  • "Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o Senhor a Abrão e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda em minha presença e sê perfeito."—Genesis 17:1 ;
  • "Depois, apareceu-lhe o Senhor nos carvalhais de Manre, estando ele assentado à porta da tenda, quando tinha aquecido o dia."—Genesis 18:1 ;

Secular

Em contraste, paleoantropólogos seculares acreditam que os seres humanos se originaram a partir de ancestrais primatas, na Africa cerca de 200.000 anos atrás. Além disso, a teoria da evolução pressupõe que os seres humanos e animais foram todos descendentes de um ancestral comum. Como tal, o gênero Homo é classificado sob a família taxonômica Hominidae, que inclui também os grandes macacos, como o gorila, chimpanzé e orangotango.

A fim de criar um modelo ateísta, naturalista do universo que nega a existência de Deus, os cientistas devem necessariamente contar com uma suposição de que o homem, independente de seu Criador, é capaz de criar teorias coerentes sobre a Criação. Para este fim, os cientistas ateus assumem que as Leis da Ciência que Deus revelou ao Homem na Terra são universalmente aplicáveis mesmo a partes da Criação que nenhum ser humano já visitou ou nos quais foi capaz de realizar experimentos controlados. Os seres humanos nunca deixaram a força gravitacional da Terra e até recentemente nenhuma engenhoca humana jamais deixou o sistema solar. Ainda assim, as propostas e idéias relacionadas a locais que estão bilhões de vezes mais longe são feitas com a suposição de que eles têm as mesmas características da nossa própria rara e finly tuned Terra.

In making this assumption, the atheistic scientist presupposes that the conditions of all of Creation are the same as he sees. Unable to allow for the miraculous or the omnipotency of a God that is fully capable of creating different conditions in different parts of His Creation, he holds fast to this assumption, which drives the fundamental philosophy that underlies atheistic cosmology. This allows the scientist to elevate Creation above the Creator and remove the plain fact of God from consideration, much as was predicted in Predefinição:Bible ref and Predefinição:Bible ref.

Biology

Vitruvian Man by Leonardo da Vinci
Main Article: Human Biology

Human biology is the scientific discipline the studies of the physical or biological component of the human being. It is a multidisciplinary field that focuses on anatomy and physiology, medicine, nutrition, genetics, reproduction, and anthropology.

Homo sapiens is the species name given to modern humans, which means wise man. Modern humans generally differs from other members of the taxonomic genus homo in having a lighter skeletal build and larger brains, although these characteristics still overlap with the normal range found in living humans.[3]

Anthropology

Main Article: Anthropology

Anthropology is derived from the two Greek words (Predefinição:Polytonic) meaning man and (Predefinição:Polytonic) meaning word or study. Creation anthropology is an effort to study humans from the perspective that we are the result of divine creation. Like other fields of creation science, anthropology relies upon religious texts for insights into the origin and nature of man. It deals with the study of the revelation of the nature of man both before and after the fall, and both before and after the flood.

Races

Main Article: Human races

The term human races refers to how humanity comes in a number of varieties, distinguished by features such as skin color, facial appearance, shape of skull, type of hair and height. Races have generally been defined by some easily distinguished external feature. There have been various different accounts of racial origins. Some have led to racist attitudes, by which people attempt to characterise other races than their own as inferior.

Paleoanthropology

Main Article: Paleoanthropology

Paleoanthropology (study of ancient man) is the study of the origins and the ancestors of human beings by examining fossil remains and other ancient evidence. Mainstream anthropologists and archaeologists believe that humans began domesticating animals and plants in the Middle East about 10-12,000 years ago. The earliest known civilization, the Sumerians, developed in Mesopotamia about 7,000 years ago, after humans had developed agriculture sufficiently. This is the same location where many of the early Biblical stories in Genesis are set.

References

  1. Introduction to the Human Body SEER Training Modules, National Cancer Institute.
  2. Morris, Henry M., The Genesis Record. Grand Rapids MI: Baker Books, 1976. p.74.
  3. Homo sapiens Smithsonian Institute

External links