Gipsita

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Gipsita (sulfato de cálcio hidratado)

Gipsita (Grego: γύψος, gypsos, significando "giz" ou "gesso") é um mineral de sulfato, muito macio, composto por di-hidrato de sulfato de cálcio. A sua fórmula química é CaSO4·2H2O. É um dos minerais mais utilizados em todo o mundo, literalmente nos rodeia todos os dias. A maior parte do gesso nos Estados Unidos é usada para fazer gesso para residências, escritórios e edifícios comerciais; uma casa nova típica americana contém mais de 7 toneladas de de gesso sozinha. Além disso, o gesso é utilizado em todo o mundo em concreto para estradas, pontes, edifícios, e muitas outras estruturas que fazem parte da nossa vida cotidiana. O gesso também é amplamente utilizado como condicionador de solo em grandes extensões de terra nas zonas suburbanas, bem como em regiões agrícolas.[1]

Alabastro

O termo alabastro é aplicado a ambos o gesso, um sulfato de cálcio hidratado, como a calcita, um carbonato de cálcio, também conhecida como ónix-mármore. Em geral, mas nem sempre, antigo "alabastro" no Egito e no Oriente Próximo e Médio é calcita (muitas vezes chamado de alabastro oriental), "alabastro" na Europa medieval é gesso, e o moderno "alabastro" é, provavelmente, calcita, mas pode ser qualquer um dos dois. As palavras gregas ἀλάβαστρος, alabastros ou ἀλάβαστος, alabastos ocorrem na Bíblia em três passagens (Mateus 26:7 , Marcos 14:3 e Lucas 7:37 ) e eram geralmente rochas cristalinas estalagmíticas ou carbonato de cal, enquanto na moderna mineralogia o alabastro é o gesso cristalino ou sulfato de cal.

Locais nos EUA com depósitos de gipsita em 1997.

Referências

  1. Gypsum: Statistics and Information U.S. Geological Survey. Web. Última modificação: 7 de março de 2013.