A via metabólica para a síntese de AMP é muito complexa para ter evoluído (Talk.Origins)

De CriaçãoWiki, a enciclopédia da ciência da criação.
Talkorigins.jpg
Artigo Resposta
Este artigo (A via metabólica para a síntese de AMP é muito complexa para ter evoluído (Talk.Origins)) é uma resposta a uma réplica de uma reivindicação criacionista publicada pelo Talk.Origins Archive sob o título Index to Creationist Claims (Índice de Reivindicações Criacionistas).


Alegação CB200.5:

A via metabólica para síntese de AMP é complexa demais para ter evoluído. Ela requer vários passos intermédios, e é altamente improvável que todas as etapas possam ter evoluído simultaneamente.

Fonte:

Resposta da CreationWiki:

(citações da Talk.Origins em azul)

1. Embora a síntese de AMP seja feita em várias etapas na vida moderna, vários passos não são necessários. Na verdade, a adenosina pode e se forma inteiramente fora da vida, tanto em solução aquosa quanto no espaço.

E daí? Isso não muda o fato de que a via metabólica para a síntese de AMP é irredutivelmente complexa.

A vida mais antiga poderia ter usado o AMP prebiótico e mais tarde ter desenvolvido gradualmente os mecanismos refinados para sintetizar AMP ela própria.

Isso é especulação sem fundamento. Assume-se que uma célula viva pode usar AMP "prebiótico" e fazê-lo em quantidades suficientes, quando necessário. Esta afirmação também é muito geral para ser testável. O que a Talk Origins está dizendo é que, desde que eles possam inventar uma hipótese intestável, o design não pode ser inferido.

A complexidade irredutível em si não é obstáculo para a evolução.

Esta afirmação é falsa; É baseada em lógica falha.

Isso inclui a demanda impossível que, aqueles que sustentam a posição de que a complexidade irredutível implica design, refutam todos os cenários evolutivos possíveis, mesmo aqueles que não foram inventados ainda.